Criando padrões(patterns) sem marca no inkscape

Olá companheiros! quanto tempo hein? 😛

Bem, o usuário Jabiertxo Arraiza Cenoz publicou recentemente, na verdade à poucas horas atrás, na mailing-list de usuários do inkscape uma nova extensão que é capaz de criar de forma simples e rápida padrões(patterns) repetidos sem emendas, bem, sabe aqueles fundos de sites cujo um único símbolo se repete ensandecidamente  por toda parte? Pois, aquilo em certos casos é uma baita de uma dor de cabeça para criar, mas, nossos problemas acabaram 🙂

Faça o download da extensão clique aqui , você fará o download de um arquivo zipado, descompacte-o e na pasta verá os seguintes arquivos:

  • seamless_pattern.inx
  • seamless_pattern_procedural.inx
  • seamless_pattern.py
  • seamless_pattern.svg

Pegue o arquivo “seamless_pattern.svg” e mova-o para a pasta ” /home/SEU USUÁRIO/.config/inkscape/templates/” , os demais arquivos você deve mover para a pasta ” /home/SEU USUÁRIO/.config/inkscape/extensions/” e pronto, extensão instalada com sucesso.

Existem duas maneiras de criar os padrões uma vez que a extensão está instalada vamos mostrar aqui brevemente a mais prática.

Lembra do SVG que movemos para a pasta templates? advinha o que ele é…um template! crie um novo documento usando o template recém instalado “Arquivo>Novo>Seamless_pattern” teu inkscape vai lhe mostrar algo mais ou menos asssim.

  1. imagem2Background : Obviamente a cor do fundo que seu padrão terá(mude a cor desse quadrado e verá a cor de fundo de seu padrão mudar)
  2. Seamless Pattern Export page : Preview de sua pattern
  3. O 3 nada mais é que seu padrão propriamente dito.
  4. Área de desenho, faça a sua arte meu caro(a) !
  5. Preview da pattern em 3 x 3

Observem que o SVG do template é bem divididos em camadas, certifique-se que os elementos que vai adicionar/farão parte de seu padrão está na camada DESIGN. depois de desenhar bem o que quer, basta selecionar o item 3 e exportar como PNG, ou, você pode usar a opção “clonar em ladrilhos” (Editar>clone>clonar em ladrilhos” para transformar seu padrão em um padrão 3 x 3 como no preview(5) por exemplo.

Segue um vídeo do autor para maior entendimento da extensão:

 

Birdfont , um promissor editor de fonts em linux

A criação de fontes personalizadas é algo que fascina muitas pessoas, as razões são inúmeras que vão desde criar uma família de tipos mais adequada ao projeto em andamento, ou simplesmente a vontade de ter sua caligrafia digitalizada.

Criar um tipo é uma tarefa árdua e cansativa, são muitos elementos que devem ser devidamente projetados e configurados, no meio digital, o aplicativo mais comum quando o assunto é a criação de fonts é o fontcreator que custa aproximadamente ~80 dólares. No linux o mais famoso é o excelente FontForge, que está presente nos repositórios das distribuições GNU/Linux mais populares.

Para instalar no openSUSE:

Sudo zypper install fontforge

Recentemente eu conheci o Birdfont, um editor mais simples do que o fontforge e escrito em vala, porém, tem tudo o que um aspirante a tipógrafo precisa, ferramentas de desenho básicas, ajuste de configurações como altura de X, ascendente, descendente, kerning e afins. Das características do Birdfont as mais interessantes são o suporte a imagens de fundo e a importação de arquivos vetoriais SVG.

O BirdFont é multi-platafora (Gnu/Linux, Macintosh, Windows e openBSD) e conta com 3 licensas

  • Código fonte sobre a GNU GPL
  • Versão grátis para SIL fonts
  • Versão comercial para fonts proprietárias (disponível a partir de doações de 1 dólar)

A instalação em openSUSE é simples e pode ser feita seguindo os passos abaixo.

A primeira coisa que devemos fazer é instalar as dependências:

sudo zypper in vala libgee-devel libxml2-devel libwebkitgtk-devel libgee06-devel 

Baixamos o código-fonte:

wget -c http://birdfont.org/releases/birdfont-0.31.tar.gz

Descompactamos e entramos na pasta descompactada:

tar -xvf birdfont-0.31.tar.gz && cd birdfont-0.31/

Configuração:

./configure --prefix=/usr

Lembrando que “–prefix=/usr” é o local da instalação, por padrão o birdfont é instalado em “/usr/local” eu tenho uma pasta chamada USR em meu diretório HOME, é nele que instalo aplicativos que estou testando, é uma maneira de deixar a raiz de meu sistema livre de tranqueiras.

./scripts/linux_build.py --prefix=/usr

É importante usar o mesmo prefixo do passo anterior, ou a instalação não funcionará.
Agora é só instalar ;P

sudo ./install.py

Criando um "a"

No site oficial existe uma documentação bastante interessante(vídeos e texto) sobre o programa, não deixe de conferir

Explicando as ferramentas 🙂

Plugin G’mic no KRITA!

Krita é um aplicativo de edição/criação de imagens em bitmaps, o programa é potente e possui seu foco voltado para a ilustração. O krita faz parta da suíte de escritório Calligra, antiga suíte Koffice. O G’mic é um framework potente para processamento  de imagens que possui várias interfaces, dentre estas, temos uma para GIMP. O G’mic seria(ou é) em termos miúdos uma interface para uma série de plugins de processamento de imagens. Um exemplo do que pode ser feito com o G’mic(e gimp) pode ser visto nesse vídeo tutorial do Ramón Miranda.

A adição do g’mic no krita amplia ainda mais o leque de opções para o artista trabalhar, o suporte ao plugin em questão ainda é fraco, algumas opções não funcionam, outras não como deveriam, esse krita turbinado está a disposição de todos via os repositórios instáveis do KDE, para usuários do maravilhoso(Rá!) openSUSE podem instalar via o 1-Click-install(Valeu outra vez suse 😀 )clicando aqui. Outra opção é baixar e instalar o krita via o Git, instruções podem ser vistas aqui.
Abaixo, reproduzo teste do blogueiro Timothee Giet e seu teste/uso dessa nova opção do Krita:
1 – Com todos os contornos definidos, cria-se uma nova camada e “risca” as cores que vc deseja nesta.
2- chama o G’mic e ele faz a mágica para você, pense em quantos minutos preciosos acaba de economizar na criação de sua base chapada.

On Canvas Alignment no Inkscape

Sei que é uma nota atrasa porém, em certos casos é melhor chegar atrasado do que não chegar ;P

Essa semana o Martin Owens, publicou um e-mail na lista do inkscape, anunciando uma característica experimental, trata de um meio de alinhar objetos sem a necessidade do painel de alinhamento.

Abaixo reproduzo o e-mail do Martin e em seguida um vídeo do mesmo apresentando essa “feature” experimental.

Hey Devs,I’ve got a new feature (uncommitted) to show:

http://blip.tv/martin-owens/on-canvas-alignment-feature-for-inkscape-6613286

I’d like to know what you think and your feedback could be key todeciding where my new handles would fit with people’s workflows.Excited, Martin Owens

Particularmente eu achei essa opção deveras interessante, ela não substitui totalmente o painel de alinhamento, mas exclui a necessidade do mesmo quando a operação que deseja não é tão complexa, como distribuição equidistantes e coisas do tipo.

Blender Chaos&Evolution de graça!

Já faz muito tempo que a Blender Foundation Lançou o Treinamento em DVD Chaos&Evolution, tá ok nem tanto tempo assim, acho que uns 3 anos). O DVD em questão aborda técnicas de concept art usando ferramentas livres(Alchemy, GIMP, Mypaint) o preview do DVD pode ser visto no vídeo logo abaixo:

Acontece que o autor do treinamento, o Francês David Revoy a pouco mais de 20 dias, resolveu disponibilizar o Chaos&Evolution de maneira gratuita no youtube, então o que estás a esperar ? corre lá e da uma olhada no material que é de primeira e grátis 😉

Segundo a descrição do E-shop da Blender Foundation, o DVD cobre os seguintes tópicos:

  • 01 Sketching
  • 02 Drawing
  • 03 Alchemy
  • 04 Coloring
  • 05 Painting
  • 06 Finishing
  • 07 Model Sheet
  • 08 Character Design (Full timelapse) : Shain the Ogre
  • 09 Character Design (Full timelapse) : Lia Turtle
  • 10 Character Design (Full timelapse) : Cendrea
  • 11 Creature Design (Full timelapse) : A Sci-fi waterhorse
  • 12 Environement Design (Full timelapse) : Lia Planet
  • 13 Digital painting (Full timelapse) : Shain against the Dragon.
  • 14 Digital painting (Full timelapse) : Portrait of Cendrea
  • 15 Model Sheet (Full timelapse) : Steampunk Lia
  • 16 Bonus : Quetzalcoat

Brilhando ;) ilustração vetorial em inkscape

Ilustração vetorial, toda feita em inkscape 🙂
como referência foi usada uma fotografia, lembro que gastei quase um fim de semana inteiro para fazer os cabelos, enfim foi um trabalheira imensa, gostaria de ter caprichado mais porém, depois de tanas horas trabalhando em uma imagem você fica saturado e doido pra terminar.

aqui em baixo segue um screenshot do wireframe.
wireframe

agora você pode baixar o svg clicando aqui

.
Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial 2.5 Brasil.

Tela Infinita no Krita 2.8.

Não deixe de conferir anúncio original no Blog do Dmitry Kazakov

É uma opção bem simples, por exemplo você está desenhando direto no PC e o documento que você pré-configurou não possui o tamanho ideal para o desenho que estás fazendo. O krita adicionou a Opção de aumentar a tela de pintura, sem precisar ir até o diálogo de configurações do documento, como mostra o Dmitry.