Instalei o Opensuse e agora?

UPDATE:Posta atualizado clique aqui para a versão mais atual , abraços!

Update: Faltam poucos dias para o lançamento da versão 13.1, versão essa que já estou usando desde do RC1, pensei em escrever um novo post abordando a pós-instalação no openSUSE, porém percebi que isso não se faz necessário por isso, ao invés de escrever vou apenas atualizar este post.

Hoje, exatamente hoje a poucas horas fora lançada a nova versão do openSUSE, as notas de lançamento já estão no ar e podem ser lidas clicando aqui ,em meu post anterior publiquei o vídeo mostrando de maneira bem básica o funcionamento do desktop kde, dessa vez eu vou mostrar o que eu faço assim que instalo uma versão nova do suse, de maneira geral deve servir pra todos um ou outro passo não talvez não.

imagem1


Antes de tudo eu gosto de personalizar algumas configurações, são coisas que faço antes mesmo de instalar programa adicionais e etc, então abro o painel de configurações do KDE, primeira coisa : TELA E MONITOR e na aba BLOQUEADOR DE SESSÃO , desabilito o bloqueio, eu particularmente não gosto quando deixo o pc dois ou três minutos sem usar e quando volto a sessão ta bloqueada.

imagem4

A mesma ação aplico ao gerenciador de energia, essas configurações são ótimas pra economizar bateria mas em um desktop não fazem muito sentido.

imagem5

a terceira configuração , ainda no módulo de configurações do KDE : INICIALIZAÇÃO E DESLIGAMENTO ,  lá vamos para GERENCIAMENTO DE SESSÕES e marco a opção INICIAR COM UMA SESSÃO VAZIA, por padrão o KDE salva a sessão atual quando você a encerra ou reinicia o computador e todos os aplicativos que estavam em execução quando a sessão foi terminada/reiniciada são iniciados,  marcando essa opção isso não ocorre mais e que torna a sessão muito mais veloz em sua inicialização.

imagem6

Com essas configurações iniciais parto pra instalação de aplicativos e adição de repositórios.

Antes de instalar os aplicativos, adicionamos os repositórios, é só acessar o módulo de configuração dos repositórios no YAST e depois ADICIONAR:Repositórios da comunidade, agora basta marcar os repositórios que necessita e dar OK , sem esquecer que clicar em CONFIAR, quando for perguntado e correr pra diversão.

Lista de repositórios que adiciono(nota OBS significa openSUSE Build Service):

  • Packman
  • OBS – Sistema de Arquivos
  • OBS – jogos
  • OBS – KDE:Extra
  • OBS – Compilações wine CVS
  • OBS – LibreOffice
  • OBS – Mozilla
  • OBS – Gnome:Apps

extras:

  • OBS – Devel:Languages:perl
  • OBS – PHP
  • OBS – devel:languages:python

imagem7

1.Codecs e Player multimídia

Por um série de razões distribuições linux não trazem nativamente o suporte a formatos multimídia fechados, por isso essa é uma das primeiras coisas que devemos fazer depois da instalação do openSUSE.

o KDE tem seu player de áudio padrão(o Amarok) porém, prefiro o clementine que é baseado na versão 1.x , não é tão potente quanto o amarok, porém consome menos recursos da máquina.

O VLC é um player tão famoso que dispensa comentários, porém, ele não é mais aquele player que funciona mesmo sem a instalação de codecs, hoje, você precisa instalar um pacote extra chamado vlc-codecs para que este funcione, sendo assim, creio que a melhor opção para player multimídia é o Smplayer, interface para o Mplayer.

O Smplayer, assim como vlc, é multiplataforma, suporta todos os formatos conhecidos, skins e diversas opções avançadas como um navegador de vídeos no youtube.

Quanto aos codecs, basicamente precisamos destes:

  • ffmpeg
  • lame
  • gstreamer-0_10-plugins-bad
  • gstreamer-0_10-plugins-ugly
  • gstreamer-0_10-plugins-ugly-orig-addon
  • gstreamer-0_10-plugins-ffmpeg

Todos os codecs a aplicativos citados, podem ser instalados via yast, porém pra ser mais prático você pode instalar tudo isso colando o comando abaixo no terminal como root:

zypper install libxine2-codecs k3b-codecs ffmpeg lame gstreamer-0_10-plugins-bad gstreamer-0_10-plugins-ugly gstreamer-0_10-plugins-ugly-orig-addon gstreamer-0_10-plugins-ffmpeg libdvdcss2 clementine smplayer

2.Utilitários

Como assim? bem, se criasse uma sessão para cada coisinha que vamos instalar o post ficaria longo demais, a criação de uma sessão genérica em que posso incluir pequenas “coisinhas” se mostra muito mais interessante, como utilitários classifico:

  1. Plugin de navegador;
  2. suporte a 7z;
  3. plugins do dolphin;
  4. Kate.

Plugin de navegador? o flash? não, a instalação do flash é automaticamente marcada assim que o yast é aberto pela primeira vez(o módulo de instalação do aplicativo), o plugin em questão é o xine, que permite a visualização de áudio/vídeo streaming. 7z é um formato bem comum de arquivo compactado então vale a pena adicionar o suporta a este em teu sistema. O kate é um editor de textos particularmente eu prefiro usar ele ao nativo Kwrite

Plugins para dolphin adicionam funcionalidades extras ao nosso gerenciador de arquivos padrão, coisas como suporte a Bzr, uploader de imagens dentre outros, para instalar estes pacotes basta executar no terminal:

sudo zypper in p7zip dolphin-plugins dolphin-plugin-itmages xine-browser-plugin kate

3.Gráficos

Para essa parte precisaremos adicionar um novo repositório:

su -c "zypper ar -f http://download.opensuse.org/repositories/graphics/openSUSE_13.1/ Graphics" 

Serve pra mantermos os aplicativos desse tipo mais atualizados, o openSUSE já nos traz nativamente o ótimo editor de imagens GIMP e o gerenciador de fotografias Digikam, que suporta RAW e edição simples de imagens em lote. Outros programas que recomendo a instalação:

1.Inkscape

2. o Blender

ped2

3.Scribus

4.FontMatrix

5.Krita

6.CMYKtool

Inkscape é um software de ilustração vetorial, aberto e multiplataforma. uso blender sempre que preciso de algum efeito em tipos, o Scribus sempre que preciso produzir um PDF-X e o FontMatrix pra gerenciar minhas fontes. Sabe quando você precisa exportar aquela ilustração em cmyk com um perfil de cor ICC específico? então é nessas horas que o cmyktool salva você.

Enfim, na prática, são programas que eu como designer gráfico não consigo viver sem.

Recentemente eu adicionei o Krita a esta lista, krita é um aplicativo de edição e criação de bitmaps voltado para a ilustração, parte da suíte de escritório Calligra(antiga Koffice),
para instalar os programas citados :

sudo zypper in inkscape blender scribus fontmatrix calligra-krita

Para instalar o CMYKtool, podemos recorrer ao 1-clickinstall

oneclick

4.Extras

extras são os extras oras! hehehe, são aquelas coisas que podemos viver sem ou não, depende de como usamos nosso computador.

1.Wine

Wine é um aplicativo que atua como uma camada de compatibilidade entre aplicativos w32, permitindo que estes possam ser executados em linux.

2.PlayonLINUX

É um fork do wine que oferece scripts para instalação de diversos jogos e programas.

3.Drivers de Vídeo

3.1 Drivers Proprietários

Basicamente são os drivers pra placas ATI e Nvidia, prefiro não tratar disso por aqui.
podem conseguir as informações que precisam nesse link para ATI e nesse outro para placas nVIDIA

3.2 Drivers Livres

Já faz um certo tempo que deixei de usar os drivers proprietários, os drivers abertos hoje estão muito bons e alguns casos com desempenho superior aos drivers oficiais, como por exemplo no Team Fortress 2 e em alguns jogos rodando no wine. Como gosto de novidades, eu sempre uso os drivers mais recentes retirados do repositório git do projeto, para não compilar eu uso o repositório abaixo:

zypper ar -f http://download.opensuse.org/repositories/home:/pontostroy:/X11/openSUSE_13.1/  home:pontostroy:X11

A não ser que saiba o que está fazendo, não recomendo esse passo para você

alterando a versão dos pacotes para as do repositório acima:

sudo zypper dup --from home:pontostroy:X11

Para Instalar o wine e o playonlinux em sua máquina:

sudo zypper in wine playonlinux

caso queiram instalar tudo o que foi citado por aqui em um único comando basta executar como root no terminal:

sudo zypper in p7zip dolphin-plugins dolphin-plugin-itmages xine-browser-plugin kate libxine2-codecs k3b-codecs ffmpeg lame gstreamer-0_10-plugins-bad gstreamer-0_10-plugins-ugly gstreamer-0_10-plugins-ugly-orig-addon gstreamer-0_10-plugins-ffmpeg  clementine smplayer inkscape blender scribus fontmatrix wine playonlinux calligra-krita  

5.Montando Partição NTFS

Caso tenha algum HD ou partição em formato NTFS, pode perceber que o sistema só monta ela manualmente para resolver isso é simples

  • 1. Criamos o local em que essa partição ou dispositivo será montado
  • 2. Configuramos o fstab para montar essa partição no login

Indo direto ao item um, eu tenho uma partição NFTS de 500 gb que costumo chamar de “Arquivos” , logo vou criar uma pasta chamada “Arquivos” no local que o sistema monta esse tipo de dispositivo

sudo mkdir /media/Arquivos

Pronto, agora é configurar o fstab e vamos fazer isso sem o konsole pra facilitar.

No Yast abrimos o particionador de discos e ele vai listar os dispositivos, você clicará na partição que deseja montar com o botão direito e escolher editar:

imagem8

imagem9

Quando chegar na tela acima em “opções de montagem” , Montar partição e em “ponto de montagem” digite o local que criamos no passo anterior, feito isso clique nas “Opções do FStab” . No diálogo que aparece em “Valor da opção arbitrária” ponha as opções do FStab que deseja, no nosso caso:

users,gid=users,fmask=113,dmask=002,locale=pt_BR.UTF-8

Feito isso basta dar OK e conluir a operação, tua partição deve estar montada e será montada automaticamente sempre que o sistema for iniciado.

ped1

Anúncios

55 comentários sobre “Instalei o Opensuse e agora?

  1. Deivid disse:

    Quando tento instalar os Codecs acontece o seguinte:

    deivid@linux-4d65:~> sudo zypper install libxine2-codecs k3b-codecs ffmpeg lame gstreamer-0_10-plugins-bad gstreamer-0_10-plugins-ugly gstreamer-0_10-plugins-ugly-orig-addon gstreamer-0_10-plugins-ffmpeg libdvdcss2 clementine vlc
    root’s password:
    Carregando os dados do repositório…
    Lendo os pacotes instalados…
    ‘libdvdcss2’ não foi encontrado nos nomes de pacotes. Tentando localizar em recursos.
    Nenhum fornecedor de ‘libdvdcss2’ foi encontrado.
    Resolvendo as dependências de pacote…
    2 problemas:
    Problema: k3b-codecs-2.0.2-15.25.i586 requer k3b = 2.0.2-15.25, mas este requisito não pode ser fornecido
    Problema: ffmpeg-1.0.5-1.3.i586 requer libavutil51 = 1.0.5, mas este requisito não pode ser fornecido

    Problema: k3b-codecs-2.0.2-15.25.i586 requer k3b = 2.0.2-15.25, mas este requisito não pode ser fornecido
    fornecedores não-instaláveis: k3b-2.0.2-15.25.i586[ftp.gwdg.de-suse]
    Solução 1: As seguintes ações serão realizadas:
    desatualização de k3b-2.0.2-26.1.2.i586 para k3b-2.0.2-15.25.i586
    instalar k3b-2.0.2-15.25.i586 (com alteração do fornecedor)
    openSUSE –> http://packman.links2linux.de
    Solução 2: não instalar k3b-codecs-2.0.2-15.25.i586
    Solução 3: quebrar k3b-codecs-2.0.2-15.25.i586 ao ignorar algumas das dependências

    Escolha uma das opções acima pelo número ou ignore, repita ou cancele [1/2/3/i/r/c] (c):

    O mesmo ocorre com o FFmpeg… Alguma solução? Sou novato no Opensuse…

    • jonathas jackson disse:

      Olá Deivid,
      esse erro do FFmpeg é simples, isso quer dizer que falta uma dependência, Certifique-se que adicionou o repositório PACKMAN, que está listado entre os repositórios da comunidade.

      Quanto ao erro do k3b-codecs, quando o zypper encontra um conflito de pacotes que pode facilmente ser solucionado ele te pergunta qual ação tomar.
      no caso 1 = solução 1, 2 = solução 2, 3 = solução 3, i = ignorar, r = repetir e C = cancelar.
      segundo a saída de texto que você postou a solução 1 é a mais indicada, ele apenas realizará um pequeno downgrade no K3b de .

      Só achei estranho a falta da “libdvdcss2” em teu sistema, bem você só precisa dela se costuma usar o PC para assistir DVDs, tenta adicionar o repositório do VLC em teu sistema, creio que deve bastar , para add o repo do VLC é só executar o comando:
      sudo zypper ar -f http://download.videolan.org/pub/videolan/vlc/SuSE/12.3/SuSE.repo

      não esqueça de executar :
      sudo zypper refresh
      para atualizar a lista de pacotes, se ele te perguntar algo sobre a chave do repo, diga sim ;D

  2. Luciano Alves disse:

    Prezado Jonathas Jackson, boa noite! Primeiro, queira parabenizar sua iniciativa, ótimas dicas aqui! O que acontece comigo é o seguinte, tenho um Dell XPS com nvidia geforce 525M e, desde sempre, encontro problemas para instalar os drivers do proprietário, nunca deu certo….Queria saber se você teria a solução para meu problema, gostaria muito de ficar com apenas um SO, pois hoje em dia, eu utilizo juntamente com Windows, queria que meu sistema ficasse bem robusto para poder deixar o sistema microsoft de lado, instalar meus jogos, Steam e utilizar os recursos maximos da minha placa gráfica…Bom, é isso, até mais!

    • jonathas jackson disse:

      Olá luciano,
      A instalação dos drivers proprietários em openSUSE não é mto complicada, na Wiki da comunidade existe até a instalação via 1-clickINSTALL : pode acessar esse material seguindo o link: http://en.opensuse.org/SDB:NVIDIA_drivers

      O Único problema que enfrentará será com relação aos jogos, já existe versão do Steam para linux, mas a lista de jogos ao meu ver é mto limitada(sou gamer assumido hehehe) vc pode instalar a versão steam pra windows via wine e ser feliz, o que dizem é que o WINE consegue rodar cerca de 80% dos apps pra windows sem maiores problemas, aconselho a instalação do programa PlayonLINUX que facilita e mto isso http://www.playonlinux.com/en/
      .

  3. Moisaniel Moraes disse:

    Muito bom, teu tutorial! Gostaria apenas de abrir um parenteses, sendo o chato a comentar, rs. Sobre a questão da energia elétrica, economizar a bateria do notbook, então… os desktops de fato não tem bateria, mas consomem energia e essa energia se puder ser economizada, quando não estiver em uso, ajuda nosso planeta, e nós mesmos! No Mais Valeu pela tua ajuda!

  4. enock martins disse:

    ola jonathas jackson, gostei do seu post. Sou iniciante no Open suse (usava ubuntu, depois o fedora 18), estou gostando muito da distro, acredito que vou usa-la de forma permanente. Sei que eh uma duvida simples mas nao estou conseguindo achar o local de ativaçao dos repositorios dentro do yast, se puder explicar melhor ficarei grato. Abraços a todos do mundo linux!

  5. Marco Roque disse:

    Caro Jonathas Jackson, muitíssimo obrigado, me ajudou MUITO, estava usando o slack a um tempão e sabia que iria passar uns apertos para deixar o sistema redondo. Com seu artigo resolvi meus problemas de uma vez só sem precisar procurar em outros locais e meu pc agora ficou redondinho o resto dos ajustes agora é coisinha simples, Muito obrigado mesmo! Artigo show de bola! (Vou compartilhar para ajudar quem precisar) Valeu!

  6. Daniel disse:

    J. Roberto, muito obrigado pelas dicas!
    Estou iniciando no Linux e escolhi openSuse… me ajudou bastante a ficar menos perdido…rs.
    Tem mais alguma fonte de consulta que vc indicaria para iniciantes?

  7. Junior disse:

    Muito bom o seu tutorial. Sou iniciante em SuSe, e estou tentando entender e ainda me familiarizando com a interface. Preciso instalar dois modens Huawei (E220 e E303C). Não sei como fazer para instalar e fazê-los discar. Agradeço qualquer ajuda.

      • Pedro disse:

        Uaaaaaaaaaauuuuuu!!! Só tenho uma coisa a dizer: simplesmente espectacular. bastante fácil de seguir e aprender. Gostei do site, muito bom! Obrigado pelo seu tempo em postar aqui um guia de pós actualização. Facilitou-me muito a experiência do Opensuse. Vim do Ubuntu e queria experimentar outras distribuições passando pelo Debian (complicadinho…embora bom) e outras e é com o Opensuse que me sinto em casa. No entanto, tenho uma dúvida: na secção gráficos você trabalha com Scribus, isso é para produzir pdfs de maior qualidade? Não sei se estou a confundir mas li que com o Kile dá para fazer um belíssimo texto, fontes etc. Com o scribus é do mesmo género, quer dizer, se dá para produzir texto mais bonito?
        Grato pela sua atenção!

      • jonathas jackson disse:

        Olá Pedro,
        O Scribus é um software de editoração eletrônica, ele é usado pra diagramar textos(livros, revistas, folders) e quanto aos pdf, ele tem a opção de exportar o PDF com todas as opções de impressão necessárias(color profile, margem, sangria, vinco e etc)
        Já o Kile é um editor de textos no estilo TeX/LaTeX,
        Ou seja são aplicativos de natureza diferentes.

  8. Marco Roque disse:

    Jonathas estou feliz, além de me auxiliar bastante você com esta página, já indiquei para amigos e rapaz, um colega usava o Backtrack como distro principal como a primeira distro a ser usada antes Win7 aí disse para ele instalar Ubuntu, Kubuntu ou Debian e tals porque o BT é baseado em Debian aí ele não sentiria tanta diferença aí ele viu as prints que você me auxiliou a instalar o conky e o rapaz animou instalar o OpenSuse já estou passando para ele o endereço aqui! Muito show e estou muito feliz! Grande abraço e mais uma vez muito obrigado pela contribuição!

  9. Elismar disse:

    Legal o artigo principalmente para mim que precisa de uma ajudinha no mundo do suse tem um conhecimento basico para instalar alguns pacotes, porém em outras distribuições e como sou um tanto indeciso sobre qual utilizar, mas ultimamente estou me identificando mais com opensuse por sua estabilidade e agora ainda com todo estes aplicativos e dicas citados por v obrigado.

  10. Heraldo Sousa Tonisley disse:

    Muito bacana o teu post. Me ajudou a mudar para OpenSuse sem maiores dores de cabeça.

    Todavia, como readaptação faz parte da existência de qualquer distro linuxer, enfrento problema no que concerne ao brilho do meu notebook Gateway NE56R.

    Acontece que as teclas responsáveis pela regulação da luminosidade do monitor não funcionam, o mesmo vale para o “Economia de Energia” do Centro de Controle KDE.

    Enfrentei este mesmo problema no LinuxMint 14 KDE, mas o resolvi sem problemas bastando adicionar “quiet acpi_osi=Linux acpi_backlight=vendor splash” à linha “GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT” do arquivo “/etc/default/grub” e em seguida rodando um “update-grub”. Mas parece que o mesmo efeito não é válido para o OpenSuse 12.3 que usa o GRUB2. Com algumas buscas, encontrei um promissor post no VOL que no final não deu em nada (http://www.vivaolinux.com.br/dica/Como-ter-de-volta-o-controle-de-brilho-no-seu-notebook-com-openSUSE).

    Se puder colaborar, agradeço.

    • jonathas jackson disse:

      Olá Heraldo, desculpa a demora ao responder, deu a loca no meu e-mail mas vamos lá, eu tive um problema parecido com a versão anterior do openSUSE, acontece que algumas vezes o KDE não reconhece certos modelos de teclado como deveria, cheque essas configurações.
      Mesmo assim, caso não funcione, lembre-se que vc pode ajustar atalhos manualmente no KDE.
      Abraços.

  11. Heraldo Sousa Tonisley disse:

    Obrigado JJ,

    O problema não decorre de uma falha no reconhecimento do teclado. No Ubuntu 13.04 eu enfrentei este mesmo erro e também no LinuxMint KDE 14, mas em ambos o problema fora contornado bastando eu adicionar “quiet acpi_osi=Linux acpi_backlight=vendor splash” à linha “GRUB_CMDLINE_LINUX_DEFAULT” do arquivo “/etc/default/grub” e em seguida rodando um “update-grub”.

    No OpenSuse esta mesma solução não funciona. Tento regular a luminosidade através do “Economia de Energia” do Centro de Controle KDE sem sucesso.

    No entanto, noto que o seu blog tem um sentido de inserção no Universo GNU/Linux com ênfase no aprendizado a design gráfico, o que deixa a minha situação fora de órbita para uma possível solução.

    Agradeço o apoio!

  12. Crezivando disse:

    JRoberto, nem preciso parabenizá-lo! Excelentes dicas. Já estamos na contagem regressiva para a versão 13.1. Pergunto: você postará um tópico para ela? Ou a aula vai terminar por aqui (para desânimo de muitos)? Forte abraço!

    • jonathas jackson disse:

      Olá Adalberto, desculpa a demora e vamos à sua resposta.
      Bem, realmente não entendi o que está tentando dizer, você pode acessar facebook e hotmail da mesma forma que acessa em qualquer sistema operacional usando o navegador.
      Está tendo algum problema de acesso nesses sites? ou quer saber sobre alguma configuração especial de algum aplicativo?

  13. Carlos NUnes disse:

    jonathas jackson, amigao, estoui com o computador a una semana e nao sei nada de linux. Bem o teclado esta com lay out errado nºao sai alguns caracteres, e nºao sei como urrumar. Se me ajudares, por favor use de simplicidade, pois naºo entendi quase nada do teu post, mas acho +otimo o teu trabalho e espero entender tudo daqui a pouco. bom pra começar +e isso. Obrigado Carlos

    • jonathas jackson disse:

      Olá Carlos Nunes,
      Esse é um problema relativamente simples de ser resolvido no openSUSE. Basta você ir ao Yast(Alt+F2 digita yast e da enter)
      Com o Yast aberto, vc vai na sessão Hardware e clica em “Layout do teclado do sistema” e escolhe “Português(Brasil).
      Talvez seja necessário vc por o idioma de seu sistema em PT-br caso já não tenha feito, ainda com o yast aberto, vc vai na sessão “Sistema” e escolhe “Idioma” e dentro das configurações de idioma, onde tem “Idioma Primário” você põe Português(Brasil)

      • Fábio disse:

        Bom dia Jonathas, é que após instalar, as fontes estão bem feias, um pouco serrilhadas, enfim, ativei o antialising etc… Deu uma melhorada mas ainda não está 100%, outra coisa que tem incomodado e ainda não consegui resolver é que a cada logon, ele pede a senha do wi-fi.

      • jonathas jackson disse:

        Olá Fábio, desculpe a demora, desconheço esse problema com fontes, além do Anti-Serrilhado, tente trocar a fonte, eu por exemplo sempre mudo a fonte padrão pela Droid Sans ou cantarel.
        A senha depende de seu gerenciador de conexões, O gerenciador de conexões do KDE por exemplo armazena as senhas de Wi-fi por Padrão, qual ambiente está usando?(kde, gnome, xfce e etc.)

      • Fábio disse:

        Obrigado Jonathas, a conexão resolvi trocando o network manager pelo o wicked, estou usando o OpenSUSE 13.2 com KDE, em relação as fontes, ativei o antialising modo RGB, dpi 96, deu uma melhorada porém acho que daria para melhorar, vou testar as Droid Sans ou cantarel.

  14. Marcos Lima disse:

    Ótimo Artigo manolo , mas de boa , é muito sofrido para o winuser que quer sair do windows , encarar tantos comandos para simplesmente ter o sistema funcionando RAZOAVELMENTE .
    Os ” Buntus ” são mais faceis nesse termo mas confesso , GOSTEI DEMAIS DO SUSE pena que para mim não deu de usar quando notei que é sofrível fazer funcionar sua placa de vídeo lol
    Sei que minha placa é NOOB master mas eu gastei uma merrequinha para te-la e deixa-la parada pq o sistema não funciona normalmente nela é dose pra leão não é ?
    Eu odiei o Unity do Ubuntu e o KDE do mint não é a mesma coisa que do suse lol e eu gostei da suavidade e levesa do suse 13.1 , na verdade tenho essa pequena tara no suse desde o 11.1
    mas como antes , esse lance do driver é de doer.

    • jonathas jackson disse:

      Olá Marcos,
      A grande vantagem do openSUSE, que está a anos luz frente a qualquer outra distribuição linux nesse quesito é a possibilidade de fazer qualquer coisa em teu sistema sem a necessidade de recorrer a linha de comando através do YAST(Os “buntus” estão tentando implantar algo parecido). Isso foi um motivo crucial para a minha migração para o suse, acontece é que hoje eu acho mto mais simples e rápido fazer certas coisas via linha de comando, pense, eu posso escrever o comando e o leitor apenas copiar e apertar enter, ou, posso postar um print, seguido de outro print e mais outro e mais outro com dizeres do tipo “aqui vc faz isso, então aparece essa janela e nela vc clica aqui e na aba X vc faz tal coisa” entende? o terminal está ali pra nos ajudar e acredite ele pode lhe ajudar e muito.
      Só para illustrar minha namorada tem um laptop que roda suse, ela odeia a “Caixinha preta” mas quando tem um problema ela me fala e eu simplesmente respondo “digite tal coisa no terminal e tecle enter” geralmente é sucesso 🙂
      Espero ter sido claro, abraços amigo.

    • Marco Roque disse:

      Colega, não acredito que esteja tendo problema com driver da placa de video,poste aqui o modelo da sua placa e a versão do OpenSuse que está utilizando, talvez você consiga o driver da sua placa de video com o OneClickInstall ou seja, minha placa de video é uma Nvidia GTX460 consegui o driver dela OneClick e no literal sentido da coisa foi apenas um click para instalar o driver e funciona que é uma beleza! Abraço!

      • Junior disse:

        Para não correr riscos é melhor instalar a 13.2 em cima e selecionar a opção “atualizar um sistema existente” (lembro disso quando instalei)… ou é melhor manter a versão 13.1? Minha dúvida é quanto ao suporte da versão, sei que há um período em que deixa de existir. De toda forma mando um abraço, você tem socorrido muita gente! Sucesso e continue postando tudo do OpenSuse por aqui!

      • Fábio disse:

        Apenas complementando, fiz a atualização e não tive problema nenhum, apenas mudando a versão dos repositórios, o cuidado para evitar crash’s é desabilitar repositórios extras (caso estejam ativados) como vlc, LibreOffice etc… Deixando apenas repositórios do sistema. Segui um artigo bem simples de outro blog, não sei se é permitido postar o link aqui, se for posso colar aqui depois.

      • jonathas jackson disse:

        Bom que deu certo para você Fábio, eu testei esse tipo de update ainda quando usava ubuntu lá em 2007, sempre dava algo errado 🙂 e fique livre pra postar o link que bem entender,
        Abraços.

  15. Roque Marco disse:

    Boas! Vim novamente pedir um favor!
    Tem como atualizar o post para versão do OpenSuse 13.2? no caso das bibliotecas só mudar o nome da distro? Se possível, tem como dar uma atualizada aí por favor? E mais, por gentileza mantenha este…. eu vou salvar a página em mht quando chegar em casa, estou no serviço!
    Abraço e novamente Muito Obrigado!
    Marco Roque!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s